Pular para o conteúdo principal

Homenageada de Biblioteca Virtual

A Construção da Vida, Sonhos e Planejamentos.

Falando de Artes | Tony Casanova

   Desde minha infância jamais escondi minha paixão pelas ARTES, que sempre me impressionaram, mesmo quando não conseguia entender. Para mim ARTE é isso; algo que não explicamos, mas que amamos plenamente. Ao me referir a arte eu não apenas me refiro aos grandes e renomados mestres, mas aos pequenos e anônimos produtores, como mostra a imagem ao lado que ilustra a obra de um artesão Gualtemateco. O História do Artesanato remonta desde Antes de Cristo e resiste bravamente até os nossos dias sem perder a pose. Me impressiona apreciar a versatilidade de pessoas que muitas vezes mal sabem ler e escrever, mas sabem contar estórias através da sua arte.   
  Nas minhas andanças pelas ruas de Aracaju eu conheci alguns pintores talentosos, infelizmente em situação lastimável, apesar do talento que possuíam. Um deles, já falecido, consumido pelo álcool e os outros dois viciados em drogas.  Obviamente que suas condições sociais não lhes diminuía o talento e suas obras sempre foram apreciadas, mas me pergunto o que poderia ser feito por eles e por tantos outros que conheci com igual capacidade.  Dizer que há quem se preocupe com eles pelo fato de serem artistas é mentira. Se não se preocuparam pelo fato de serem humanos por que cargas d'água se preocupariam por serem artistas? Pelo contrário! Há quem muito os explore, comprando o que produzem por ninharia apenas para que possam beber uma dose na esquina.
    No País dos preconceitos, ser artista só é válido se estiver na TV exibindo o corpo, mostrando claramente que só sabe fazer aquilo. Em uma outra matéria citei que o Brasil afunda sua Arte e Cultura em meio aos apelos sexuais e comerciais de consumo, onde quem exibe o corpo e aparece na mídia não precisa fazer mais que isso para ser intitulado de "artista", enquanto os verdadeiros produtores de arte sequer tem a dignidade de viver daquilo que fazem.  Em visita a área de artesanatos do Mercado Thalles Ferraz, em Aracaju, eu pude observar a simpatia dos artesãos sergipanos enquanto vendiam suas obras. Não só observei pelo prisma artístico, mas também pelo humanitário. Como é boa a nossa gente, o nosso povo. O povo brasileiro!
    O ser humano que produz Arte deveria ser melhor tratado pelo mundo que deveria ter mais respeito por eles, afinal cada peça criada, exposta e vendida carrega parte de uma estória que produzirá memória. Lembro-me de quando criança, da alegria que ficava quando ganhava vaquinhas de barro, cavalinhos e sertanejos tocadores de gado. Quantos presépios de barro montei. Como era lindo ver aquelas esculturas perfeitas, bem pintadinhas e parecendo reais! Hoje gente, estudamos Arqueologicamente as esculturas, pertences e utensílios que encontramos em sítios Arqueológicos e através dos achados deciframos a História da Humanidade, mas e amanhã? Recorremos ao Computador? Estou certo que sim, mas nada substitui o ver, o tocar, o sentir a peça nas mãos. Nada substituirá a peça original.
   Mas infelizmente o Governo pouco valoriza seus criadores de História e enterra os artistas em baús lacrados, deixando-os no anonimato. Arte para as autoridades é o Carnaval, este sim arrecada Milhões e Milhões de Reais, mas vale lembrar que o Carnaval só deixa imagens e lembranças e sozinho ele não conta toda História do nosso povo. A História não se faz apenas nas ruas, no fervor das tradições, mas principalmente nas casas, onde isoladamente um artesão, um pintor, um escultor produz sua arte. As tradições fazem parte da Cultura do povo brasileiro, mas são as Artes que mantém estas tradições na Memória Nacional.

   Texto do escritor brasileiro Tony Casanova. Todos os Direitos Reservados. É permitido o compartilhamento para sites ou redes sociais desde que o texto, o crédito e imagens utilizadas nele não sejam alterados, devendo assim ser todos mantidos na íntegra.    Não é permitida a alteração de nenhuma parte contida aqui, a saber, texto, imagem ou crédito através de cópia seguida de colagem, divulgação fracionada desautorizada, reprodução do todo ou parte dele sem que haja garantias de preservação dos Direitos do autor.   Os Direitos Autorais são assegurados por Legislação Nacional e Internacional de Proteção aos Direitos de Propriedade Intelectual e qualquer desrespeito será considerado crime previsto e passivo das medidas legais cabíveis.
   Tony Casanova é autor dos livros
Panorama das Artes (Clube de Autores e Livraria Amazon) – E-book e Impresso
No litoral das Relações (Clube de Autores e Livraria Amazon) E-book e Impresso
O amor segundo a Bíblia (Clube de Autores e Livraria Amazon) -- E-book e Impresso
Relações Instáveis-Como vencer decepções (Livraria Amazon) – E-book
O amor fala Francês (Clube de Autores e Livraria Saraiva) - E-book e Impresso
Os links para as livrarias você encontra NESTE LINK
........................................................................................................................................

    Speaking Arts | Tony Casanova

  Since my childhood never hid my passion for the Arts, which always impressed me, even when I could not understand. For me ART is this; something that does not explain, but we love fully. To refer to the art I do not just refer to the large and renowned masters, but the small and anonymous producers, as shown in the next image that illustrates the work of a craftsman Gualtemateco. The History of Craft dating from before Christ and bravely endures to this day without missing a beat. Impresses me appreciate the versatility of people who often can barely read and write, but know how to tell stories through their art.
  In my wanderings through the streets of Aracaju I met some talented painters, unfortunately in pitiable situation, despite the talent they had. One of them, now deceased, consumed by alcohol and the other two drug addicts. Obviously social conditions did not diminish their talent and their works have always been appreciated, but I wonder what could be done for them and for many others who met with equal ability. To say that there are those who worry about them because they are artists is a lie. If they not bothered by the fact that they are human by what on earth would care to be artists? On the contrary! Some much to explore, buying what they produce for pittance just so they can drink a dose in the corner.
    In the country of prejudice, being an artist is only valid if the TV displaying the body, clearly showing that only knows how to do that. In another matter I mentioned that Brazil sinks its Art and Culture among the sexual and commercial appeals consumption, where who displays the body and appears in the media does not need to do more than that to be titled "artist", while the real producers art even have the dignity to live what they do. Visiting craft area Thalles Ferraz Market in Aracaju, I could observe the sympathy of Sergipe artisans while selling their works. Not only noticed by the artistic point of view, but also by the humanitarian. How good our people, our people. The Brazilian people!
    The man who produces art should be better handled by the world that should have more respect for them, after each piece created, exhibited and sold carries part of a story that will produce memory. I remember as a child, the joy that was when earned clay kitties, horses and cattle sertanejos players. How many clay nativity scenes set up. As it was beautiful to see those perfect sculptures and pintadinhas and looking real! Today we, Archaeologically study the sculptures, belongings and utensils found in Archaeological sites and through the findings deciphered the history of mankind, but what about tomorrow? We used the computer? I'm sure you do, but nothing replaces seeing, touching, feel the piece in hand. Nothing will replace the original part.
   But unfortunately the Government bit values ​​its history makers and buries artists in chests sealed, leaving them anonymous. Art for the authorities is the Carnival, but this raises Millions and Millions of Reais, but remember that only leaves Carnival images and memories and it alone does not tell the whole story of our people. History is not made only on the streets, in the fervor of the traditions, but especially in homes where alone a craftsman, a painter, a sculptor produces his art. Traditions are part of the culture of the Brazilian people, but are the arts that keeps these traditions in the National Memory.

   Text Brazilian writer Tony Casanova. All rights reserved. It allowed for the sharing sites or social networks since the text, credit and images used in it are not changed, so should all be kept in its entirety. It is not allowed to change any part contained herein, namely, text, image or credit through then collage copy unauthorized fractional disclosure, reproduction in whole or part without preservation of guarantees of the author's rights. Copyrights are provided by National Legislation and International Protection of Intellectual Property Rights and any breach will be considered provided crime and liabilities of the legal action.
   Tony Casanova is author of the books
Panorama of Arts (Club Authors Bookstore and Amazon) - E-book and printed
On the coast of Relations (Club Authors Bookstore and Amazon) E-book and printed
Love according to the Bible (Club Authors Bookstore and Amazon) - E-book and printed
Unstable-How to overcome disappointments Relations (Amazon Bookstore) - E-book
Love speaks French (Club of Authors and Saraiva) - E-book and printed
Links to bookstores you find THIS LINK
.................................................. .................................................. ....................................

    Hablando de Arte | Tony Casanova

  Desde mi infancia nunca ocultó mi pasión por las Artes, que siempre me han impresionado, aun cuando no podía entender. Para mí el arte es la siguiente; algo que no se explica, pero nos encanta completamente. Para referirse al arte que no sólo hacen referencia a los maestros grandes y reconocidos, pero los pequeños productores y anónimas, como se muestra en la siguiente imagen que ilustra el trabajo de un artesano Gualtemateco. La historia de la artesanía que data de antes de Cristo y con valor perdura hasta nuestros días sin perder el ritmo. Impresiona a apreciar la versatilidad de personas que a menudo apenas saben leer y escribir, pero saben cómo contar historias a través de su arte.
  En mis andanzas por las calles de Aracaju me encontré con algunos pintores de talento, por desgracia, en situación lamentable, a pesar del talento que tenían. Uno de ellos, ya fallecido, consumido por el alcohol y las otras dos adictos a las drogas. Obviamente, las condiciones sociales, no han disminuido su talento y sus obras siempre han sido apreciados, pero me pregunto qué se puede hacer para ellos y para muchos otros que se reunieron con la misma capacidad. Decir que hay personas que se preocupan por ellos, porque son artistas es una mentira. Si no se molestaron por el hecho de que son humanos por lo que en la tierra le importaría ser artistas? ¡Por lo contrario! Algunos mucho para explorar, comprar lo que producen para la miseria sólo para que puedan tomar una dosis en la esquina.
    En el país de los prejuicios, ser un artista sólo es válida si el televisor que muestra el cuerpo, mostrando claramente que sólo sabe cómo hacerlo. En otro asunto que he mencionado que Brasil se hunde su Arte y cultura entre el consumo de apelación sexual y comercial, donde se muestra que el cuerpo y aparece en los medios de comunicación no tiene que hacer más que eso que se titulará "artista", mientras que los productores reales arte siquiera tiene la dignidad de vivir lo que hacen. Visitando área del arte Thalles Ferraz mercado en Aracaju, pude observar la simpatía de los artesanos Sergipe, mientras que la venta de sus obras. No sólo notado por el punto de vista artístico, sino también por el humanitaria. ¿Qué tan bueno nuestro pueblo, de nuestra gente. El pueblo brasileño!
    El hombre que produce el arte debe ser mejor manejado por el mundo que debería tener más respeto por ellos, después de cada pieza creada, exhibido y vendido lleva parte de una historia que producirá la memoria. Recuerdo que cuando era un niño, la alegría que había ganado cuando los gatitos de arcilla, caballos y ganado sertaneros jugadores. ¿Cuántas arcilla belenes creados. Como era hermoso ver esas esculturas y pintadinhas perfectos y mirando de verdad! Hoy nosotros, arqueológicamente estudiamos las esculturas, objetos y utensilios que se encuentran en los sitios arqueológicos ya través de los hallazgos descifrado la historia de la humanidad, pero ¿y mañana? Se utilizó el equipo? Estoy seguro de que sí, pero nada sustituye a ver, tocar, sentir la pieza en la mano. Nada reemplazará la pieza original.
   Pero por desgracia, el bit de Gobierno valora a sus hacedores de la historia y hunde artistas en cofres sellados, lo que les deja en el anonimato. Arte para las autoridades es el Carnaval, pero esto plantea Millones y millones de reales, pero recuerda que sólo deja imágenes y recuerdos Carnaval y ella sola no cuenta toda la historia de nuestro pueblo. La historia no se hace sólo en las calles, en el fervor de las tradiciones, pero sobre todo en los hogares donde solo un artesano, un pintor, un escultor produce su arte. Las tradiciones son parte de la cultura del pueblo brasileño, pero son las artes que mantiene estas tradiciones en la Memoria Nacional.

   Texto escritor brasileño, Tony Casanova. Todos los derechos reservados. Se permitió a los sitios para compartir o redes sociales desde el texto, el crédito y las imágenes que se utilizan en ella no se cambian, por lo que todos deben tener en su totalidad. No está permitido cambiar cualquier parte contenida en el mismo, a saber, texto, imagen o crédito a través de la divulgación fraccionada a continuación, la copia no autorizada del collage, la reproducción total o parcial sin la preservación de las garantías de los derechos del autor. Los derechos de autor son proporcionados por la legislación nacional y la Protección Internacional de los Derechos de Propiedad Intelectual así como la lesión se tendrán en cuenta siempre la delincuencia y pasivos de la acción legal.
   Tony Casanova es autor de los libros
Panorama de las Artes (Club de Autores librería y Amazon) - E-libros e impresos
En la costa de Relaciones Autores (Club de librería y Amazonas) y E-libro impreso
El amor según la Biblia (Club Autores librería y Amazon) - E-libros e impresos
Inestable-Cómo superar Relaciones decepciones (Amazon librería) - E-libro
El amor habla francesa (Club de Autores y Saraiva) - E-libro e impreso
Los enlaces a librerías que encontramos con EL LAZO
.................................................. .................................................. ....................................

Postagens mais visitadas deste blog

Bigo Live | O aplicativo do momento | Saiba mais

A mais nova coqueluche entre os brasileiro é um aplicativo de origem Asiática chamado Bigo Live, uma rede social de Streaming de Vídeo. A ideia dos Asiáticos foi ótima, mas como todo aplicativo seu uso deve ser analisado com cuidado, principalmente entre os brasileiros. Na minha opinião pessoal é uma boa rede social, ideia muito válida, porém não deve ser usado por crianças. Eu não recomendo e vou dizer o porque: Quem utiliza o aplicativo pela primeira vez e o faz de boa fé, sem conhecer bem como funciona deve estar ciente dos riscos, não só no Bigo Live como em qualquer outra rede social da internet. O principal risco é o da exposição em vídeo, já que a função do aplicativo é transmitir vídeos ao vivo. Bem diferente do também popular WhatsApp, o Bigo Live é muito mais aberto e a exposição é em tempo real para todo o mundo, sem que exatamente o usuário saiba para quem está exposto, por isso muito cuidado no uso e tome alguns cuidados básicos. Preparei uma listinha para lembrar você do…

Bigo Live | Dicas | Como Fazer sua Live Crescer

Existe uma diferença entre conversas em chat de mensagens como messenger e whatsApp e chamadas de vídeos como no Bigo Live porque a primeira utiliza apenas mensagens de texto e imagens estáticas, no Bigo Live, por ser um streaming de Vídeos, a transmissão é em tempo real. Até ai você já sabia, mas há um detalhe que muita gente não percebe pela falta de experiência no assunto.      Fazer uma Live é muito mais que digitar letras ou enviar emotions. O significado da palavra Vídeo Streaming é Transmissão de Vídeo, ou seja um vídeo conferência. Enquanto que no IMO, Messenger e até mesmo no WhatsApp atualizado você faz apenas uma vídeo chamada.  Em cada uma o comportamento do transmissor deve ser diferente. Observemos que uma coisa é fazer uma chamada para uma pessoa em uma vídeo chamada e outra é realizar uma vídeo conferência para mais de mil pessoas.     Abaixo darei algumas dicas de como fazer para melhorar sua live durante uma vídeo conferência.     Em primeiro lugar é preciso que haja si…

A leitura contida nos desenhos | Escritora Luzia Couto.

A linguagem dos desenhos e sua importância na vida das pessoas, existe uma grande população que ainda não teve acesso a leitura, muitos por que na infância não tinham como estudar. Outros que na vida adulta precisavam trabalhar para garantir o sustento de suas famílias, até mesmo para garantir o estudo aos filhos. Estas pessoas sabem ler através dos desenhos. Olham as imagens e identificam o que significa, assim são as crianças. Aprendem a conhecer a linguagem dos desenhos, muitas vezes as mães vão ensinando os filhos a conhecer as letras e as palavras por causa das imagens. As pessoas de mais idade que não tiveram acesso a escola sabem muito por experiencia de vida, elas conhecem boa parte das palavras por que olham as imagens e sabem o significado. Esta leitura através das imagens ensinam muito, portanto seus criadores tem um papel muito importante na vida e na formação destas pessoas.
Quando aprendemos na infância a observar uma imagem, um desenho ainda que em preto e branco estam…